Informações sobre a cidade de Brotas, SP

Boia Cross em Brotas
ABROTUR – Associação de Turismo

O selo ABROTUR
Este selo tem o objetivo de identificar os associados da ABROTUR e foi desenvolvido para as empresas que trabalham pelo bem coletivo, pelo fortalecimento do destino turístico e se preocupam com as causas ambientais, econômicas e sociais da cidade.  Atualmente 64 estabelecimentos possuem a marca, entre associados e benfeitores.

Sobre a Associação
Fundada em 2008 a ABROTUR sempre esteve empenhada em oferecer e divulgar cursos e palestras que enfoquem a atividade econômica do turismo e suas inúmeras possibilidades adjacentes, colaborando assim com a qualificação dos profissionais brotenses, além da responsabilidade social.

A Associação tem como principal objetivo representar, capacitar e promover o destino turístico do município de Brotas de forma sustentável, em parceria com o poder público e em harmonia com os outros setores da economia, sempre respeitando os princípios de defesa do meio ambiente e do respeito ao turista-consumidor.É importante ressaltar que sempre visamos o desenvolvimento do município como um todo – turistas e moradores – que são beneficiados com empregos de melhor qualidade e renda através do turismo.

Visite: abrotur.com.br

Apresentação

Brotas, SP está localizada bem no centro do estado de São Paulo, no coração de uma das regiões mais desenvolvidas do país, mas que ainda nos presenteia com suas riquezas e belezas naturais preservadas. Dotada de uma posição geográfica estratégica e privilegiada, vêm assumindo um novo caminho e desponta no contexto ecoturístico nacional.

Historicamente, sempre ligada à produção rural e à economia agrícola, teve sua época áurea no princípio do século XX, com a cultura do café. Brotas, SP reúne características bastante significativas no que se refere à preservação de recursos naturais, pois retém uma grande parcela de mata nativa, abrigando uma considerável biodiversidade animal e vegetal. Mas seu maior patrimônio natural consiste no relevo de modo geral suave, na formação das “Cuestas Basálticas”, e de seu grande manancial hídrico, destacando-se o rio Jacaré Pepira, um dos poucos rios ainda não poluídos do estado de São Paulo.

Essas condições naturais fazem de Brotas, SP uma das poucas regiões do interior de São Paulo que ainda concilia ambiente natural, com os aspectos de uma área quase toda ocupada pela atividade rural, garantindo-lhe uma forte beleza paisagística além de apresentar aspectos culturais típicos da comunidade local.

Brotas, SP abriga em suas “serras” várias nascentes e rios encachoeirados, que cortam vales e encostas, concentra uma enormidade de atrativos turísticos, na sua maioria hídricos (represa, ribeirões, cachoeiras, corredeiras e nascentes). Seu potencial natural aliado ao incremento de produtos e serviços turísticos, confere à região um enorme potencial para o turismo de aventura, ecoturismo e para o turismo rural. E hoje já é com certeza, ponto de referência para a prática de esportes de aventura, como o rafting, boia cross, canyoning, arborismo e outros.

História de Brotas, SP

Por volta de 1839, foi construída uma capela dando origem à primitiva povoação local. O território, inicialmente, pertencia à sesmaria da região de Araraquara e era cortado pelas trilhas de expansão de Minas para o interior do Estado.

Os primeiros a se fixarem na região foram famílias mineiras “Gente que estava apenas abandonando o sonho das minas para substituí-lo pelo sonho da permanência, do plantio, da fixação ‘a terra” – BUSSAB(1992).

Brotas, SP tornou-se distrito de Araraquara em 1841, sendo em 1853 transferido para Rio Claro e tornou-se município em 22 de agosto de 1859. O aniversário da cidade é comemorado no dia 03 de maio, por ocasião de uma antiga comemoração católica, a de Santa Cruz.

Brotas, SP teve sua fase de maior desenvolvimento, na década de vinte e trinta, época da expansão do café para o interior paulista. Viveu em função desta atividade econômica até sua crise definitiva. É marcante a presença de imigrantes italianos e seus descendentes que tiveram influência nos rumos políticos da cidade.

A crise do café trouxe um período de estagnação econômica ao município que na época perdeu população para os grandes centros urbanos. A taxa anual de crescimento da população tornou-se positiva à partir da década de oitenta.

Atualmente, o município ainda possui uma economia predominantemente agrícola, onde destaca-se também a agroindústria da cana, que hoje abriga a maior parte da mão de obra.

Considerando-se a tradição agropecuária e os recursos naturais do município, cachoeiras, matas preservadas e serras, a atuas administração municipal junto com a população tem desenvolvido uma economia turística, com base no ecoturismo (turismo rural, turismo aventura, como caminhadas, arborismo, esportes de aventura e várias atividades praticadas junto à natureza), que visa uma alternativa de desenvolvimento sustentável para o município.

CURIOSIDADE: O NOME “BROTAS”

A origem do nome Brotas, SP recebe três hipóteses:

  1. Brotas de olho d’água;
  2. Brotas de broto de capim (mato que brotava após pousadas de trilheiros);
  3. A mais provável vem das origens da fundadora de Brotas. Sendo dona Francisca Ribeiro dos Reis descendente de portugueses católicos e devota de Nossa Senhora das Brotas, teria prestado uma homenagem à Santa, dando seu nome à cidade. Na Capela de Santa Cruz existe uma imagem do século XIX da referida Santa, sendo esta a mais reverenciada naquele país, até o aparecimento de Nossa Senhora de Fátima, em 1917, que se tornou a atual padroeira de Portugal.
Hino Municipal de Brotas, SP

Lei Municipal nº 2.262/2008 de 27 de dezembro de 2008

Qual uma bandeira hasteada em verdes campos
Que ventos fazem tremular as gerações
És o cartão postal de tua gente simples
Onde se pode ver e ouvir os corações
Terra encantada hoje cantada em tantos versos
Mãe dedicada que quer ter seus filhos perto
Berço de homens, grandes nomes culturais
Um céu de estrelas que se morrem nascem mais
Brotas teu sangue água que de tuas veias
Mata a sede da cidade ontem aldeias
É bom te ver, correr, crescer como criança
Nos olhos de tua gente tanta esperança

Brotas querida de minha vida tu és a história
És meu presente futuro a frente
Teu passado é glória
Brotas que cresce, mas não esquece
Quem te faz crescer
Brota paixão no coração de quem te vê

É Brota d’água, Brotas de broto
Nossa Senhora das Brotas
Teu nome vem do sonho de teus fundadores
Que já sonhavam que serias o que és hoje
Ao semearem tuas terras de amores
Brotas sempre será cidade da amizade
Mas poderia ser da paz, da liberdade
Porque teu povo é como vento que te sopra
Livre ainda que se prenda em ti Brotas
Brotas que enche os olhos de quem te admira
De cachoeiras ou de Jacaré Pepira
Nas tuas trilhas me aventuro tão menino
Ainda me encanto, me espanto e me fascino

Brotas querida de minha vida tu és a história
És meu presente futuro a frente
Teu passado é glória
Brotas que cresce, mas não esquece
Quem te faz crescer
Brota paixão no coração de quem te vê

Brotas tú tens a marca da imigração
Tua cultura vem da miscigenação
São portugueses, italianos, são pessoas
De toda parte formando tua gente boa
Teus casarões contam a tua linda história
De um passado de lutas e de vitórias
Tua natureza, serras, matas preservadas
Levam o progresso por tuas velhas estradas
Teus rios de águas doces, doces são lembranças
De quem um dia no teu colo foi criança
E hoje assiste o futuro te abraçar
Brotas teu povo agora pode te cantar

Brotas querida de minha vida tu és a história
És meu presente futuro a frente
Teu passado é glória
Brotas que cresce, mas não esquece
Quem te faz crescer
Brota paixão no coração de quem te vê

Ouça o Hino Municipal de Brotas/SP na voz do cantor Daniel – clique aqui

Cultura de Brotas, SP

Embora os atrativos naturais sejam o grande diferencial de Brotas, SP, a cidade possui monumentos históricos que estão na sua totalidade, ligados ao período em que a cidade foi um dos grandes produtores de café. Na zona rural encontram-se sedes de fazendas com até 150 anos e a cidade conta com casarões antigos com expressiva arquitetura de época.

A cultura popular está contida na típica rotina interiorana. A gastronomia tem como destaque a culinária caipira, cujo principal atrativo é o fogão à lenha utilizado até hoje por grande parte da população rural.

O artesanato conta com produtos como bordados e alimentos, como doces caseiros, licores, queijos, mel, pinga, entre outros. Atualmente artesãos e bordadeiras expõe e vendem aos turistas seus trabalhos na praça Amador Simões (praça central), aos sábados à noite.

A praça Amador Simões é também palco aberto de apresentações de dança e música, de diversos artistas da cidade ou de outras cidades, como forma de incentivo para o desenvolvimento cultural da cidade.

Centro Cultural Grêmio Literário e Recreativo Brotense

O atual conjunto do “Centro Cultural” tem sua origem em um dos casarões do século XIX, uma das testemunhas silenciosas do passado cafeeiro da cidade. Foi o ponto de encontro da elite, palco de saraus literários e apresentações musicais. Hoje restaurado, reúne a biblioteca pública, o arquivo histórico, o museu do café e o salão de eventos para shows e manifestações artísticas e culturais.

O Museu do Calhambeque é outro atrativo que resgata o passado da cidade. Abriga diversos veículos da marca Ford, fabricados no início da década de 1920 e utilizados em Brotas, SP, em sua maioria como carros de praça, ou taxis. O museu leva o nome de Reniero Bressan, o restaurador de “Fordinhos” que trabalhava em Brotas, SP quando a cidade chegou a ter 35 veículos, um número expressivo para uma cidade pequena, que conferiu na época o título de “Capital do Fordinho”.

Geografia de Brotas, SP
  • Temperatura Média Anual: 22º C
  • Clima: Tropical
  • Altitude: 661 metros
  • Índice Pluviométrico Anual: 1.300 a 1.400 mm
  • Tipos de Rochas: Basaltos e Arenitos
  • Recursos Minerais: Areias
  • Geomorfologia: Cuestas Basálticas
  • Relevo: Vai de Plano a Ondulado
  • Vegetação: Cerrado e Campo

Informações geográficas e populacionais segundo o IBGE

Eventos tradicionais de Brotas, SP

JANEIRO

  • Reiseiros da Pholia: seguindo a tradição, na madrugada do dia 06 de Janeiro, os reiseiros percorrem as ruas da cidade. É um evento folclórico, incorporado à cultura popular brotense há mais de 10 anos, Bonecos dos reis magos músicos e dançarinos, visitam os moradores para dar boas novas ao menino Jesus.
  • Festa do Padroeiro do Bairro do Patrimônio de São Sebastião da Serra: a festa do Padroeiro acontece na 2ª quinzena, em louvor a São Sebastião e a Nossa Senhora Aparecida.

FEVEREIRO

  • Carnaval de Rua: maior evento popular da cidade, que envolve toda a comunidade. Acontece durante 4 dias, onde os blocos, escolas de samba tradicionais e trio elétrico descem a avenida apresentando um show único.
  • Feira Regional de Artes e Artesanato: feira da região com produtos artesanais, realizada na Praça Amador Simões junto ao Carnaval

MARÇO

  • Festa do Milho: festa com comidas derivadas do milho, shows e Festival de Viola. Entrada franca, acontece no campo do Clube Atlético Brotense (C.A.B.) em dois finais de semana.

MAIO

  • Festa de Santa Cruz: principal festa da cidade, onde se comemora o aniversário da cidade (03 de maio). Tradicionalmente realiza-se de na última semana de abril e termina no segundo final de semana de maio, é uma festa de caráter religioso, que faz parte da cultura local. Conta com o “bar da festa”, procissão, novena, cerimônia do mastro, bingo, apresentação de bandas, shows musicais, parque de diversões, além de barracas de variedades. Acontece também a Alvorada no primeiro dia da Festa, com fanfarras escolares tocando na madrugada, o “Desfile de Cavaleiros”, o “Desfile Cívico”, e o encerramento com sensacional queima de fogos.

JUNHO

  • Festas Juninas: as festas juninas se realizam normalmente a partir da 2ª quinzena e se estendem até o mês de Julho.
  • Festa de São João: tradicional festa, realizada pela comunidade no bairro de São João e tem duração de 10 dias.
  • Semana do Meio Ambiente: o Poder Público em parceria com a comunidade local e empresários, realiza uma semana cheia de eventos com objetivo de sensibilização da importância da preservação do meio ambiente.

JULHO

  • Brotas Rodeo Festival: rodeio com shows que acontece em 4 dias no meio do mês.
  • Feira Regional de Artes e Artesanato: feira da região com produtos artesanais, realizada na Praça Amador Simões.
  • Feira Regional da Troca de Livros: acontece na Praça Amador Simões, junto à Feira Regional de Artes e Artesanato.

AGOSTO

  • Aniversário do Bairro do Patrimônio de São Sebastião da Serra: acontece no 2º final de semana do mês, uma festa popular, com shows, quermesse, desfiles, campeonato de futebol e manifestações religiosas.
  • Festival Gastronômico: acontece em dois finais de semana, onde a culinária caipira é o tema principal.
  • Seminário Técnico de Condutores de Turismo de Aventura: semana de oficinas técnicas para preparar os condutores para a alta temporada do Turismo na cidade.

SETEMBRO

  • Festa da Padroeira Nossa Senhora das Dores: na 2ª quinzena, acontece uma festa religiosa na Igreja Matriz.
  • Dia do Turismo em Brotas: as empresas do segmento turístico do município abrem as portas à comunidade brotense.

OUTUBRO

  • Programa de Limpeza dos Corredores Turísticos: em parceria com as Secretárias da Saúde (Vigilância Sanitária), do Meio Ambiente e de Obras, apoio dos empresários, ONGs e associações se unem na prevenção e combate contra o acúmulo de lixo e surgimento de doenças, realizando multirões de limpeza das áreas de maior visitação turística.

NOVEMBRO

  • Feira Regional de Artes e Artesanato: feira da região com produtos artesanais, realizada na Praça Amador Simões.
  • Agberê – Semana da Consciência Negra: a Comunidade Negra de Brotas, SP organiza a semana cheia de eventos e comemorações à cultura afro-brasileira.
  • Arte e Música: manifestações artísticas dos alunos da Escola de Artes e Música de Brotas, SP (Associação Amigos da Cultura), realizada na Praça Amador Simões.

DEZEMBRO

  • Festival de Filmes para Aventura (FATU): festival de filmes de turismo, aventura e sustentabilidade. Crianças das escolas de Brotas, SP participam do projeto e concorrem a prêmios.
  • Exposição de Arte Amigos de Brotas: artistas plásticos de Brotas, SP reúnem suas obras para uma exposição no Centro Cultural / Museu do Café.
  • Reveillon: ceia e baile no Clube de Campo de Brotas.
Eventos esportivos de aventura

Os campeonatos são organizados pelas Confederações de cada modalidade esportiva e podem ocorrer alterações de datas.

  • Etapa do Campeonato Paulista de Velocross: nos dias 28 e 29 de janeiro Brotas receberá uma das etapas do Campeonato Paulista de Velocross. Que é como o motocross, mas sem saltos.
  • Campeonato Brasileiro de Luta de Braço (Braço de Ferro): desafio entre duas pessoas usando o braço. Uma das etapas acontecerá em Brotas, no mês de abril.
  • 3ª Etapa Brotas – Campeonato Brasileiro de Caiaque Pólo: realizado em lago ou represa, é o 2º ano que Brotas recebe uma etapa do Campeonato. Data: 04 e 05 de maio.
  • Etapa Brotas – Circuito Adventure Camp: corrida de aventura nacional, uma das etapas passa por Brotas, SP (esta data
    poderá variar de ano a ano) o evento atrai em um final de semana, mais de 1.500 visitantes. Previsto para junho.
  • Campeonato Brasileiro de Rafting R6 (6 remadores): pela terceira vez Brotas recebe o Campeonato, será realizado no Parque dos Saltos do Rio Jacaré Pepira de 5 a 7 de outubro.
  • Etapa da Copa TNT – Enduro de Regularidade: reúne aproximadamente 200 atletas que participam de uma prova de motocross de regularidade. Data prevista para novembro.
  • Copa Interestadual de Triathlon e Para-Triathlon: etapa organizada pela Federação Paulista de Triathlon. Data prevista para dezembro.
Preservação ambiental em Brotas, SP

Não jogue lixo, em Brotas, SP, só deixe rastros… da natureza, só tire fotos, e só leve boas lembranças.

Reunimos abaixo algumas informações importantes sobre conscientização ambiental e cívica, visando orientar todos que pretendem se aventurar ajudando a preservar nosso meio ambiente. O principal objetivo cultural e social do desenvolvimento sustentável (até por uma questão de sobrevivência), é fazer com que as pessoas tenham a oportunidade de experimentar uma nova conduta no seu cotidiano e lazer. Sem sustentabilidade o futuro é incerto!

JOGUE O LIXO NO LIXO!

Não jogue lixo, por menor que seja, nas ruas, rios, terrenos baldios, parques e outros locais públicos.

  • traga seu lixo de volta: se você pode levar uma embalagem cheia para um ambiente natural, pode trazê-la vazia na volta;
  • use saquinhos de lixo dentro do carro;
  • coloque o lixo doméstico em sacos plásticos e tome providências para que ele não se rompa.

TERRA, PLANETA ÁGUA…

Apenas 1% das águas do planeta está disponível para o consumo humano, sendo este um recurso esgotável, portanto não desperdice!

  • não tome banhos demorados;
  • desligue as luzes quando não precisar delas;
  • feche a torneira ao escovar os dentes ou fazer a barba;
  • não dê descargas demoradas.

FAUNA E FLORA SÃO PATRIMÔNIOS DA NATUREZA!

Respeite os animais e as plantas.

  • não alimente os animais, não os toque nem os perturbe;
  • não colha flores nem plantas silvestres;
  • não desmate as margens dos rios.

CONDUTA IDEAL DO ECOTURISTA:

A conservação e o uso sustentável dos recursos naturais são essenciais para um meio ambiente sadio a longo prazo. Você é responsável por isso!

VOCÊ É RESPONSÁVEL PELA CONSERVAÇÃO DOS LOCAIS…

Ao percorrer as trilhas, só deixe rastros…

  • por onde passar, deixe o lugar como você o encontrou, para que os próximos visitantes possam também apreciá-los;
  • não escreva em árvores ou pedras;
  • não jogue bitucas de cigarros no solo, pois elas podem provocar incêndios;
  • utilize as instalações sanitárias que existirem.

VOCÊ É RESPONSÁVEL PELA SUA SEGURANÇA…

Não se arrisque sem necessidade…

  • não nade em locais que não conhece;
  • não pule em cachoeiras desconhecidas;
  • evite sempre pular mergulhando de ponta;
  • respeite as placas de segurança;
  • bebidas e drogas não combinam com ecoturismo;
  • ande a pé sempre que possível, evitando transtornos de trânsito, estacionamento e poluição;
  • use roupas leves, sapatos com sola de borracha, chapéus, protetor solar, repelente e leve traje de banho;
  • da natureza tire só fotografias, e leve para casa, só recordações.

E PARA SUA VISITA…

  • não conserve vasilhames, pneus e garrafas em lugares descobertos, evitando a dengue;
  • não dirija embriagado;
  • beba bastante líquido, evitando desidratação,
  • evite escutar som alto, a poluição sonora agride a natureza e ao próximo;
  • não faça churrascos em vias públicas;
  • não exceda a velocidade nas ruas ou vias de acesso, respeitando sempre a sinalização;

VOCÊ SABIA… …

algumas curiosidades sobre preservação ambiental:

  • o lixo orgânico leva de 6 a 12 meses para se decompor;
  • o papel leva de 3 meses a 2 anos;
  • palitinhos de fósforo de 1 a 2 anos;
  • bitucas de cigarro de 3 a 5 anos, podendo causar incêndios;
  • embalagens plásticas e longa-vida mais de 100 anos;
  • vidros, alumínios e pneus, ninguém sabe.
  • a cada 40 kg de papel reciclado, se poupa o corte de uma árvore adulta.
  • 1 tonelada de alumínio reciclado, se poupa 5 toneladas de minério da natureza.
  • 1 kg de vidro quebrado se faz exatamente 1 kg de vidro novo.
  • restos de alimentos podem ser transformados em adubo.
  • lembre-se: cada pessoa produz de 700 a 1500 g de lixo por dia.