Rio Jacaré Pepira em Brotas

Rio Jacaré Pepira em Brotas, SP

O Rio Jacaré Pepira é o personagem principal do turismo em Brotas. Um dos únicos rios limpos do Estado de São Paulo, no começo da década de 1990 teve sua qualidade ameaçada pela possível construção de um curtume na cidade.

Naquela época, curtumes como o proposto não tinham tratamento adequado da água que seria lançada no rio, além de deixarem um odor nada agradável num grande área próxima.

Numa iniciativa inédita, inovadora e até bastante desacreditada na época, um grupo de jovens começou a mapear o leito do rio, suas cachoeiras, fauna e flora, propondo então o turismo ecológico como uma alternativa para o desenvolvimento do município e uma forma de preservar o rio Jacaré Pepira.

Em seu trecho de 174 km da nascente até o rio Tietê, onde desemboca, o rio Jacaré Pepira recebe água de dezenas de afluentes, a maioria córregos formados por nascentes preservadas, forma mais de 50 cachoeiras e quedas d’água principalmente em seu primeiro trecho, no município de Brotas, e abriga centenas de espécies da fauna e flora até os dias de hoje, uma biodiversidade gigantesca.

Depois do trecho onde é feito o rafting, o rio recebe seus maiores afluentes, incluindo alguns rios menores como o Rio Pinheirinho, e se torna mais profundo, largo e tranquilo, permitindo a navegação de pequenas embarcações, ideais para a pesca esportiva de moradores da região.

O rio Jacaré Pepira faz parte da vida dos moradores que habitam suas margens há séculos. Nadar no rio é uma prática saudável que faz a conexão do homem com a natureza e refresca sem igual os dias de calor do verão. 

O boia cross, descida do rio em boias infláveis, é um passeio que já existe em Brotas desde a década de 1940, e foi um dos primeiros esportes de aventura a serem oferecidos em Brotas, antes mesmo do famoso rafting.